Marcadores

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Grande Lêmure do Bambu

Mais uma postagem da série "Lêmures do Bambu"...

Imagem retirada da Internet

Classificação:
Filo: Cordados
Classe: Mamíferos
Ordem: Primates
Família: Lemuridae
Gênero: Prolemur
Espécie: Prolemur simus

Esta espécie de lêmure é endêmica da ilha de Madagascar, na África. Seu habitat são as florestas tropicais.
É encontrado onde são abundantes as "florestas de bambu". Vive em pequenos grupos de 4 a 7 indivíduos. É um animal de hábitos crepusculares e noturnos. Cerca de 98% da dieta consiste de bambu. Come também  folhas, flores e frutas. Possui fortes dentes especializados para mastigar os talos de bambu. Prefere comer as plantas maduras.
A reprodução ocorre de maio a junho. O período de gestação é de 142 a 149 dias. A fêmea dá à luz a apenas um filhote por vez. Raros são os gêmeos. Os filhotes são cuidados pelos pais até os oito meses de idade. Tornam-se adultos por volta dos 3 anos de idade. A longevidade,  em cativeiro e na natureza, é desconhecida
Infelizmente, o grande lêmure do bambu está criticamente ameaçado de extinção, devido à destruição de seu habitat e desmatamento.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Lêmure Dourado do Bambu

Mais uma postagem da série "Lêmures do Bambu"...

Imagem retirada da Internet

Classificação:
Filo: Cordados
Classe: Mamíferos
Ordem: Primates
Família: Lemuridae
Gênero: Hapalemur
Espécie: Hapalemur aureus

Esta espécie de lêmure é endêmica da ilha de Madagascar, na África. Seu habitat são as florestas tropicais.
É facilmente encontrado em "florestas de bambu". Vive em pequenos grupos, formados por um casal e indivíduos jovens. É um animal diurno. Cerca de 78% da dieta consiste de bambu. Come também  grama, frutas e folhas. Prefere comer as plantas jovens de bambu e despreza as plantas mais velhas.
A reprodução ocorre de julho a agosto. O período de gestação é de 138 dias. A fêmea dá à luz a apenas um filhote por vez. Raros são os gêmeos. Os filhotes tornam-se adultos por volta dos 3 anos de idade. A longevidade é desconhecida em natureza. Em cativeiro, pode viver até 23 anos.
Infelizmente, o lêmure dourado do bambu está ameaçado de extinção, devido à destruição de seu habitat.

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Lêmure Grisalho do Bambu

Nova série: "Lêmures do Bambu"!

Imagem retirada da Internet

Classificação:
Filo: Cordados
Classe: Mamíferos
Ordem: Primates
Família: Lemuridae
Gênero: Hapalemur
Espécie: Hapalemur griseus

Esta espécie de lêmure é endêmica da ilha de Madagascar, na África. Seu habitat são as florestas tropicais e áreas próximas a pântanos.
Como diz o nome popular, é normalmente encontrado em "florestas de bambu". Vive em pequenos grupos liderados por uma fêmea dominante. Os machos são territoriais e costumam atacar rivais que invadam seu território. Cerca de 70% da dieta consiste de bambu. Come também frutas e folhas. Prefere as folhas jovens e brotos.
A reprodução ocorre de junho a agosto. O período de gestação é de 140 dias. A fêmea dá à luz a apenas um filhote por vez. Raros são os gêmeos. Os filhotes tornam-se adultos por volta dos 2 anos de idade. A longevidade é desconhecida em natureza. Em cativeiro, pode viver por cerca de 20 anos.
Infelizmente, o lêmure grisalho do bambu está ameaçado de extinção.

Curiosidades:
  • Os bambus possuem concentração considerável de cianeto, uma substância venenosa. Acredita-se que os lêmures do bambu utilizem seus rins para eliminar esta substância.



domingo, 19 de fevereiro de 2017

Arthroleptis troglodytes

Imagem retirada da Internet

Classificação:
Filo: Cordados
Classe: Anfíbios
Ordem: Anura
Família: Arthroleptidae
Gênero: Arthroleptis
Espécie: Arthroleptis troglodytes

Esta rã é encontrada no Zimbábue, na África. Seu habitat são as cavernas e fendas nas rochas.
Pouco se sabe sobre seus hábitos de vida, alimentação e reprodução, visto que já foi considerada extinta em 1962. A espécie foi reencontrada após 54 anos, nas montanhas do Zimbábue. Presume-se que os seus ovos não originem girinos, mas após eclodirem, os ovos deem origem a pequenas rãs, versões "miniatura" dos adultos.
A rã "Arthroleptis troglodytes" é uma espécie rara, criticamente ameaçada de extinção.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Lampsilis siliquoidea

Imagem retirada da Internet
Classificação:
Filo: Moluscos
Classe: Bivalvia
Ordem: Unionoida
Família: Unionoidae
Gênero: Lampsilis
 Espécie: Lampsilis siliquidea

Este marisco de água doce é endêmico dos Estados Unidos. Seu habitat são os rios e lagos.
Normalmente é encontrado em substratos arenosos ou lodosos. Vive praticamente imóvel. É um animal filtrador, ou seja, utiliza-se de estruturas semelhantes a cílios para filtrar o alimento para dentro de seu corpo. Alimenta-se basicamente de plâncton.
A reprodução ocorre normalmente quando a temperatura da água começa a tornar quente, entre junho e julho. Os indivíduos machos e fêmeas lançam as respectivas células reprodutivas na água. A união dessas células reprodutivas forma larvas. Porém não se sabe quanto dura a fase larval até se tornarem adultos. Acredita-se que a expectativa de vida do marisco "Lampsilis siliquidea" seja de dez anos.
O marisco "Lampsilis siliquidea" é utilizado como indicador da qualidade da água. Não está ameaçado de extinção.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Leopardo das Neves

Imagem retirada da Internet

Classificação:
Filo: Cordados
Classe: Mamíferos
Ordem: Carnivora
Família: Felidae
Gênero: Panthera
Espécie: Panthera uncia

Este belo felino é encontrado na Ásia Central, mais precisamente no Butão, Nepal, Mongólia, China e na parte asiática da Rússia. Seu habitat são as montanhas, áreas rochosas e florestas.
Tem hábitos noturnos e crepusculares. É um predador oportunista e não muito exigente quanto à diversidade de suas presas. Alimenta-se de aves e mamíferos. 
Solitário durante a maior parte do ano, o leopardo das neves procura outros da sua espécie apenas na época do acalamento, que vai de janeiro a março. Não forma casais fixos em liberdade. Em cativeiro, tende a formar casais fixos. A gestação dura de 90 a 105 dias. A mãe gera de 1 a 5 filhotes por vez. Os filhotes são cuidados pela mãe até atingirem um ano de idade, quando se tornam independentes. Tornam-se adultos por volta dos dois anos de idade. A expectativa de vida é de cerca de 18 anos.
O leopardo das neves está ameaçado de extinção devido à caça predatória e destruição de seu habitat.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Raia Japonesa

Imagem retirada da Internet
Classificação:
Filo: Cordados
Classe: Chondrichthyes 
Ordem: Myliobatiformes
Família: Myliobatidae
Gênero: Myliobatis
Espécie: Myliobatis tobijei

Apesar do nome, esta espécie de raia não é encontrada apenas no Japão, mas também na China e na Coreia. Seu habitat é tanto em alto-mar quanto próximo à costa.
É um peixe predominantemente demersal, ou seja, nada próximo ao fundo oceânico. Alimenta-se de pequenos animais marinhos, como camarões, caranguejos, peixes menores e mariscos.
É uma espécie ovovívipara, ou seja, os embriões se desenvolvem no interior do corpo das fêmeas.
A raia japonesa é apreciada como peixe ornamental. Também é procurada por causa de sua carne e cartilagem. É capturada ocasionalmente, próximo à costa.
Não há estudos aprofundados quanto ao seu estado de conservação em natureza.