Marcadores

sábado, 30 de abril de 2016

Stomolophus meleagris

O nome em inglês deste animal é "cannonball jellyfish", que significa "água-viva bala de canhão", em tradução livre.
Imagem retirada da Internet

Classificação:
Filo: Cnidaria
Classe: Scyphozoa
Ordem: Rhizostomeae
Família: Stomolophidae
Gênero: Stomolophus
Espécie: Stomolophus meleagris

Esta espécie de água-viva é encontrada nos Estados Unidos, Brasil, Equador e países adjacentes. Também é encontrada no Mar do Japão e no Mar da China. Seu habitat são as águas estuarinas e próximas à costa.
A água-viva Stomolophus meleagris é um animal pelágico, que nada horizontalmente. Seus tentáculos reagem a estímulos. Através deles é secretado material urticante, que imobiliza suas presas. Alimenta-se  de pequenos peixes, pequenos crustáceos e zooplâncton.
As células reprodutivas são eliminadas na água. A exemplo da maioria dos cnidários, assim que são fecundadas, dão origem a larvas chamadas plânulas, que passam por vários estágios até se tornar adultas. Acredita-se que a longevidade da água-viva Stomolophus meleagris seja de seis meses.
Em alguns países da Ásia, é apreciada como alimento. Seu estado de conservação em natureza ainda não foi avaliado pelos estudiosos.

domingo, 24 de abril de 2016

Combatente

Imagem retirada de "O Fascinante Mundo Animal", IMP Online

Classificação:
Filo: Cordados
Classe: Aves
Ordem: Charadriiformes
Família: Scolopacidae
Gênero: Philomachus
Espécie: Philomachus pugnax

O combatente se reproduz na Europa Setentrional e na Ásia e migra para as regiões costeiras e pantanosas da África e Índia. Passa o inverno na Europa Ocidental. Seu habitat são os brejos, áreas pantanosas, áreas costeiras, lagoas, planícies úmidas e tundra.
Vive em bandos. De atividade noturna, alimenta-se de insetos, crustáceos, moluscos, sementes e brotos.
Recebe seu nome popular porque sua "dança reprodutiva" lembra um combate simulado. Essa "dança" é executada pelos machos para impressionar as fêmeas. Porém, um macho só se acasala se conseguir impressionar uma fêmea. Geralmente são postos 4 ovos por vez, num buraco no chão. O período de incubação é de 20 a 23 dias. Torna-se adulto por volta dos dois anos de idade. A longevidade é de cerca de 10 anos.
O combatente ainda não está ameaçado de extinção, mas a caça, a destruição de seu habitat e a poluição podem torná-lo uma espécie em extinção, num futuro próximo.

sábado, 23 de abril de 2016

Polites peckius

Imagem retirada da Internet

Classificação:
Filo: Artrópodes
Classe: Insecta
Ordem: Lepidoptera
Família: Hesperiidae
Gênero: Polites
Espécie: Polites peckius

Esta espécie de borboleta é encontrada nos Estados Unidos e Canadá. Seu habitat são as áreas abertas, pradarias, parques e áreas cultivadas.
Vive em grandes  grupos. Os adultos se alimentam basicamente de néctar de inúmeras plantas. As larvas se alimentam de folhas de diversas ervas.
A reprodução ocorre de maio a outubro. Os machos ficam à espera das fêmeas na vegetação baixa.Eles as atraem através  de feromônios. A corte e o acasalamento ocorrem durante o dia. As fêmeas põem seus ovos na vegetação. Dos ovos nascem larvas. Assim que nascem, as larvas são largadas à própria sorte, ou seja, não há cuidado parental envolvido. O estágio seguinte ao de larva é o de pupa. O último estágio é o adulto.
Sabe-se que caso o inverno se aproxime, o crescimento das larvas é  retardado e elas  hibernam. De acordo com os cientistas, os animais hibernam também no estágio de pupa.
A borboleta "Polites peckius" não está ameaçada de extinção.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Lagartixa de Muro

Pode-se dizer que a postagem de hoje está ligeiramente relacionada com a de ontem.

Imagem retirada da Internet
Classificação:
Filo: Cordados
Classe: Répteis
Ordem: Squamata
Família: Lacertidae
Gênero: Podarcis
Espécie: Podarcis muralis

Esta espécie de lagartixa é encontrada na Europa, desde a Espanha até a Holanda. Foi introduzida nos Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha. Seu habitat são as áreas secas e úmidas,  florestas e ambientes urbanos.
Como o nome popular sugere, é facilmente encontrada em muros e em habitações humanas. Alimenta-se basicamente de insetos. Os machos são bem mais territoriais que as fêmeas.
A reprodução ocorre na primavera. A fêmea põe de 2 a 6 ovos por vez, num buraco escavado no solo. Não se conhece o período de incubação dos ovos, mas sabe-se que os filhotes já se tornam independentes 24 horas após o nascimento.
A lagartixa de muro é criada como animal de estimação em alguns países. Não está ameaçada de extinção.


quinta-feira, 21 de abril de 2016

Lagarto de Cerca

Imagem retirada da Internet

Classificação:
Filo: Cordados
Classe: Répteis
Ordem: Squamata
Família: Phrynosomatidae
Gênero: Sceloporus
Espécie: Sceloporus undulatus

Este lagarto é endêmico dos Estados Unidos. É encontrado desde Nova York até o Colorado. Seu habitat são as florestas, pastagens e bordas de mata.
Durante a noite, fica escondido embaixo de pedras, troncos ou pilhas de madeira. De dia, é facilmente encontrado tomando sol na parte de cima dos locais que usa como esconderijo durante a noite. Alimenta-se de insetos, aranhas e caracóis. Ocasionalmente, come folhas. Os machos são muito territoriais. Possuem uma mancha azul na barriga e na garganta que exibe para advertir os invasores de seu território.
A reprodução ocorre de abril a agosto. Nesse período, o macho atrai a fêmea exibindo a mancha azul de sua garganta. São postos de 3 a 13 ovos por vez, com período de incubação de 8 semanas. Dos ovos, nascem filhotes que tem aproximadamente a metade do tamanho dos pais. Os filhotes tornam-se adultos com 1 ano de idade. A longevidade é de cerca de 4 anos.
O lagarto de cerca não está ameaçado de extinção.

domingo, 17 de abril de 2016

Esquilo Terrícola Africano

Mais um animal para os fãs do Ubuntu...

Imagem retirada da Internet
Classificação:
Filo: Cordados
Classe: Mamíferos
Ordem: Rodentia
Família: Sciuridae
Gênero: Xerus
Espécie: Xerus inauris

Este roedor é encontrado na África, desde a Namíbia e Botsuwana, até a África do Sul. Seu habitat são as savanas e florestas tropicais.
É um animal que gosta de ambientes secos. Passa a maior parte do tempo no interior de buracos, onde fica protegido do calor extremo de seu habitat e de predadores. É diurno. Alimenta-se de bulbos, nozes, sementes, ervas e insetos.
O acasalamento pode ocorrer durante todo o ano. Forma grupos separados de machos e fêmeas, quando não estão aptos para acasalar. Os machos mais fortes acasalam com o maior número de fêmeas. A gestação dura de 42 a 48 dias. São gerados até 3 filhotes por vez, que se tornam independentes aos 153 dias de idade. Tornam-se adultos com cerca de 8 meses. A longevidade é de cerca de 10 anos.
O esquilo terrícola africano não está ameaçado de extinção.

Curiosidades:
  • A versão 16,04 do Ubuntu, software relacionado ao Linux, a ser lançado em abril deste ano, foi apelidado pelos seus desenvolvedores de "The Xenial Xerus"( O Esquilo Amistoso").





sábado, 16 de abril de 2016

Sapateira do Pacífico

Imagem retirada da Internet

Classificação:
Filo: Artrópodes
Classe: Malacostraca
Ordem: Decapoda
Família: Cancridae
Gênero: Cancer
Espécie: Cancer magister

Esta espécie de caranguejo é encontrada nos Estados Unidos e Alasca. Seu habitat são os bancos de areias e áreas de estuário. 
A sapateira do Pacífico é frequentemente encontrada durante a maré baixa em regiões arenosas ou com bastante lama. É uma espécie muito sensível à baixa quantidade de oxigênio, assim passa boa parte do dia enterrada na areia. É carnívora. Alimenta-se de moluscos, crustáceos e zooplâncton. Não despreza carniça.
Durante o ritual de acasalamento, os  machos atraem as fêmeas através de feromônios. O macho fecunda os ovos assim que a fêmea os põe. Dos ovos, nascem larvas, que passam por várias transformações até se tornarem indivíduos juvenis, semelhantes aos adultos. Os juvenis passam por várias trocas de exoesqueleto, até seu crescimento completo.
A sapateira do pacífico é muito importante na pesca comercial. Não há dados suficientes sobre seu estado de conservação em natureza.